Avicultura

Entenda a importância do conforto animal para a produtividade da avicultura

Em busca de maior produtividade e melhor qualidade da produção, agroindústrias em todo o mundo têm se dedicado a um dos fatores mais importantes para aumentar a rentabilidade e conquistar um crescimento sustentável: o conforto animal.

A preocupação com o bem-estar dos animais é uma tendência global que se iniciou na pecuária bovina como estratégia para aumentar a produção de leite, mas aos poucos tem se estendido para a produção animal em geral, em especial à avicultura.

Quer entender melhor a influência do conforto animal na produtividade e rentabilidade da avicultura? Confira!

Os 5 pilares do bem-estar animal

Apesar de não ser um conceito novo — os primeiros estudos se iniciaram na década de 60 — a ciência do bem-estar animal ainda não possui uma definição científica exata.

Porém, o FAWC (Farm Animal Welfare Comittee), um grupo destinado a estudar e disseminar as noções de bem-estar animal, instituiu os 5 princípios básicos necessários para a qualidade de vida dos animais.

De acordo com essa teoria, os animais devem estar:

  1. livres de medo e estresse;
  2. livres de fome e sede;
  3. livres de desconforto;
  4. livres de dor, lesões e doenças;
  5. livres para expressar seu comportamento natural.

Esses 5 pilares do conforto animal permitem que os produtores estabeleçam diretrizes básicas para o manejo e o trato com essas espécias, conhecendo seu comportamento, investindo em prevenção e no tratamento eficaz de doenças, e priorizando a biossegurança.

Conforto animal na avicultura

Promover o conforto animal e manter a preocupação com o bem-estar das aves durante todas as etapas de crescimento não é apenas uma questão ética ou humanitária.

As medidas sanitárias e de manejo baseadas em evidências científicas que objetivam a saúde e a segurança dos animais são, cada vez mais, exigências básicas para o comércio internacional.

Além disso, a manutenção do conforto animal pode aumentar a produtividade, diminuir os gastos e melhorar significativamente a qualidade da produção.

Para atingir um patamar adequado de cuidados visando ao bem-estar na avicultura, existem alguns indicadores que devem ser constantemente avaliados durante a criação e o processamento das aves:

Cuidados no manejo

O treinamento dos produtores e funcionários que lidam diretamente com as aves é essencial para garantir o conforto animal durante o transporte, carregamento e manejo.

É recomendado evitar movimentos bruscos e excesso de ruído no trato com os animais para não causar medo, angústia e estresse desnecessários.

Controle de doenças e lesões

A prática da debicagem, o controle rígido das vacinações e a adoção de medidas sanitárias que evitam a disseminação de patógenos causadores de doenças são estratégias indispensáveis para manter as aves saudáveis e aumentar a produtividade.

Oferta de alimentação e água

Um dos fatores mais importantes para promover o bem-estar animal é a oferta constante de água e alimentação de qualidade, em quantidades adequadas para seu crescimento e desenvolvimento.

Conforto térmico

Existem diversos parâmetros que devem ser observados para determinar a situação de conforto térmico na avicultura:

  • a temperatura corporal das aves, em condições normais, é de 41ºC:
    • 8ºC abaixo da temperatura normal configura hipotermia;
    • 4ºC acima da temperatura normal indica hipertermia;
  • a temperatura do ambiente varia de acordo com o estágio de desenvolvimento das aves:
    • pintinhos (de 1 a 7 dias): de 31ºC a 33ºC;
    • aves adultas: de 21ºC a 23ºC;
  • a umidade relativa do ar deve permanecer entre 65 a 70%;
  • os galpões precisam contar com ventiladores, exaustores ou dispositivos de aspersão de água.

Espaço e armazenamento

De acordo com as diretrizes da União Brasileira de Avicultura (UBA), a densidade máxima de alojamento é de 15 a 16 aves por metro quadrado, em torno de 39 kg/m².

As aves devem, ainda, durante a maior parte do tempo, ter liberdade para expressar seu comportamento natural.

O conforto animal é um dos fatores de maior impacto na produtividade e na qualidade da produção no ramo da avicultura. Um pequeno investimento voltado ao bem-estar das aves pode ter um grande retorno para o produtor.

E você, ainda tem dúvidas sobre como promover o conforto animal em sua granja ou indústria? Já obteve bons resultados com alguma técnica de promoção do bem-estar das aves? Deixe seu comentário!

Deixar comentário.

Share This