Avicultura

Confira 5 desafios da avicultura brasileira

Escrito por Marcelo Raimundo

A avicultura é uma atividade com alicerces bem fundamentados no Brasil, uma vez que somos o maior exportador da carne no mundo. Esse setor da agroindústria pode ser bastante lucrativo e estável, mas depende do empenho e dedicação do produtor em identificar e solucionar os desafios da avicultura brasileira.

Muitas são as inovações que fizeram o setor avícola expandir-se nos mercados nacional e internacional. O aprimoramento genético, o desenvolvimento de equipamentos, o investimento em conforto animal e a instalação de sistemas interligados (IoT — Internet das Coisas) são os responsáveis por essa consolidação.

Mas quais são os desafios enfrentados pelo empreendedor que deseja iniciar seu negócio ou adequar a granja ao manejo correto em todos os processos da criação? Este artigo que preparamos para você responde essas perguntas e traz soluções. 

1. Alto investimento

A demanda por proteína animal de qualidade aumentou e a produção intensiva pode superar o número de 12.000 aves. Entretanto, para que a granja alcance essa capacidade são necessários investimentos financeiros que, muitas vezes, o produtor não possui.

A alternativa para o pequeno produtor é implantar uma atividade em pequena escala, com um plantel de 100 a 500 animais. Utilizando ao máximo os recursos naturais disponíveis, reduzindo o investimento necessário e sempre que possível aproveitar os materiais disponíveis na propriedade, adaptando as instalações se necessário.

Nos casos onde o investimento seja indispensável, é de suma importância escolher equipamentos onde o custo de manutenção seja baixo e o consumo de eletricidade ou insumo seja reduzido. Estes fatores podem garantir um menor custo de produção futuro e são certamente as melhores opções.

Cabe ressaltar que algumas medidas de biossegurança e bem-estar animal são impreteríveis. E mesmo que os custos iniciais sejam altos, os investimentos em boas práticas de produção compensam.

2. Meio ambiente

Toda instalação industrial gera impacto ambiental e é extremamente importante que o empreendedor tenha ciência da responsabilidade que a propriedade tem quanto à preservação do ambiente.

O solo, a água e o ar são fatores ambientais que sofrem com a avicultura, pois os animais geram resíduos que, em grande quantidade, são tóxicos. A propriedade deve ter uma estrutura planejada para que a drenagem desses resíduos seja feita corretamente.

A reciclagem de compostos orgânicos é uma alternativa para o descarte, podendo ser reaproveitados como fertilizantes ou como biomassa na geração de energia. A regra é tentar diminuir os impactos causados e, quando necessário, compensá-los.

3.  Status sanitário

Em 2016, a empresa COBB Vantress Brasil recebeu do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento o certificado de Compartimento de Reprodução Livre de Influenza Aviária e da doença de Newcastle. Isso significa que, caso ocorra surto dessas doenças, o governo pode estabelecer estratégias que garantam o prosseguimento da produção sem sair do mercado.

O certificado aumenta a confiabilidade nos produtos que saem do território nacional. Essas enfermidades são contagiosas, de notificação obrigatória e imediata para preservar a saúde pública e animal.

Exercendo as boas práticas de manejo com o acompanhamento de um médico-veterinário, as condições sanitárias são mantidas e controladas.

4. Clima

As altas temperaturas que assolam o Brasil são um dos desafios da avicultura brasileira. Aves são bastante sensíveis às variações climáticas e o estresse pode tanto afetar a qualidade do produto como causar a perda de um lote. A solução é o investimento em infraestrutura (paredes e assoalhos térmicos) e equipamentos (exaustores e ventiladores).

A implantação de ventiladores de qualidade garante uma climatização adequada, com temperatura, umidade e sonoridade controladas, assegurando o conforto animal. Assim, as aves deixam de ser expostas aos fatores estressantes e passam a produzir mais e melhor.

5. Exigência do consumidor

Esse tópico tem extrema relevância para a avicultura, pois, a partir disso, as inovações no setor foram desenvolvidas. É fundamental acompanhar e atender as demandas dos consumidores, que já não são os mesmos de 20 anos atrás.

Com o advento da internet, os consumidores têm acesso a informações valiosas sobre diversos assuntos. Entre suas exigências estão a responsabilidade socioambiental, a ética animal e a qualidade dos produtos.

O que, à primeira vista, parece custoso, acaba sendo um estímulo ao produtor. As melhorias são fundamentais para impulsionar qualquer agronegócio e os benefícios alcançados com o investimento em bem-estar animal são concretos e compensam.

Um bom planejamento é primordial quando se pensa em empreender seu negócio. Ao conhecer as dificuldades que o setor apresenta, fica mais fácil traçar metas para que sejam superadas.

Nosso artigo sobre os desafios da avicultura brasileira foi útil para você? Gostaria de saber mais sobre como solucionar o estresse térmico das aves? Leia este artigo e se informe!

Deixar comentário.

Share This